low-code para recursos humanos
|

Low-code para recursos humanos: o texto que você não pode deixar de ler

A área de recursos humanos é uma área chave para a empresa. O RH precisa, além de realizar suas atividades rotineiras, estar atento a todas às mudanças no mercado de trabalho e às novas tecnologias que surgem o tempo todo. Então, fique atento à essa novidade: low-code para recursos humanos. E sim, este é um texto que todo profissional de RH deveria ler, pois vou trazer a você uma novidade que pode mudar sua vida!



Recursos humanos e a inovação

A área de recursos humanos é bem antiga, não é mesmo? Mas, não é por isso que a rotina de trabalho e os processos devem ser os mesmos da era dos dinossauros. Quando a empresa inova, o RH tem que inovar junto, não é mesmo? Até porque é a área de recursos humanos deve estar preparada para apoiar o colaborador a entrar no ritmo da transformação digital.

Então, se você chegou até aqui já sei que tens vontade de mudar! De melhorar os processos da sua empresa! Já estou orgulhosa de você. Neste blogpost vou mostrar como o low-code pode ser o braço direito da área de recursos humanos.

Desafios do RH

Manter a produtividade alta, a padronização e organização dos processos é um desafio. Sabemos que o RH recebe muitas demandas. Mas, além disso, com tudo mudando o tempo todo, a retenção dos colaboradores tem se tornando outro desafio e cada vez mais difícil.

Na maioria das empresas, está no escopo do RH a contração, onboarding, treinamentos, folha de pagamento e entrega de benefícios aos colaboradores, por exemplo. Além disso, a responsabilidade sob a segurança no trabalho também é um ponto muito importante e crítico. Veja que estes são só alguns exemplos, quando adentramos no mundo do RH, as tarefas e responsabilidades parecem ser infinitas.

Low-code para recursos humanos: uma solução

Primeiramente, se você nunca ouviu falar sobre o termo low-code, não se preocupe! O low-code é um movimento tecnológico que permite que qualquer pessoa consiga desenvolver suas próprias soluções, ou seus próprios aplicativos. A Bruna escreveu um blogpost sobre o que é o low-code, que é um guia completo para você entender tudo sobre a tecnologia.

Por outro lado, o low-code também permite que a TI, que mantém o conhecimento sobre desenvolvimento de aplicações e softwares, possa desenvolver 10 vezes mais rápido. Incrível, não é mesmo?

Vou resumir para você como isso tudo funciona. Parece uma realidade muito distante, né? Mas não é. Com uma ferramenta low-code você, resumidamente, seguiria estes passos:

  • Abrir o modelador de aplicativos
  • Desenhar o fluxo de trabalho do seu processo arrastando e soltando ícones
  • Atribuir responsáveis e prazos para cada tarefa do fluxo de trabalho
  • Publicar o processo e ponto, você criou um aplicativo!

Legal, não é mesmo?

Veja um exemplo prático

Para você entender bem direitinho o que eu compartilhei até aqui, vou te mostrar, na prática, como tudo acontece. Então, vou utilizar um processo de solicitação de férias como exemplo.

Como já contei a você, o primeiro passo para criar seu aplicativo de solicitação de férias é ter acesso à uma ferramenta low-code. Neste caso, utilizamos a plataforma do Zeev, que é uma plataforma low-code. A partir disso, você pode desenhar o seu processo no modelador, arrastando e soltando ícones. Veja só:

Fluxo do processo de solicitação de férias no Zeev, ferramenta low-code
Fluxo do processo de solicitação de férias no Zeev, ferramenta low-code

Bom, a imagem acima mostra todo o fluxo de tarefas de um processo de solicitação de férias. Em cada ícone desse desenho, há uma configuração, como, por exemplo, os responsáveis e os prazos para a execução das tarefas. Além disso, configuramos as aprovações e e-mails automáticos que correm pelo processo. Legal, né?

Depois de toda essa configuração realizada o processo estará automatizado, ou seja, o aplicativo de solicitação de férias estará disponível para toda a empresa utilizar. Veja só:

Aplicativos para recursos humanos no Zeev
Aplicativos para recursos humanos no Zeev

Como eu posso utilizar o low-code no RH?

O processo de solicitação de férias foi apenas um exemplo, vou listar para você alguns processos que já vi serem automatizados no Zeev, ou seja, todos eles viraram aplicativos. E, o mais legal, foram construídos por pessoas que não são da TI!

  • Alteração de horário de trabalho
  • Solicitação de abertura de vaga
  • Manual do colaborador
  • Solicitação para adiantamento de 13º salário
  • Solicitação para adiantamento de salário
  • Solicitação de auxílio educação
  • Solicitação de benefícios
  • Alteração de dados bancários
  • Alteração de dados cadastrais
  • Registro de alteração de horário
  • Autorização de horas extras
  • Solicitação de férias
  • Desligamento de funcionário
  • Onboarding de novo colaborador
  • Registro de treinamento
  • Emissão de contracheque

Veja bem, só nesta lista que eu preparei temos 15 processos automatizados. Mas toda empresa tem suas particularidades e seus processos. Na sua empresa essa lista pode ser muito maior!

O que a área de recursos humanos ganha com o uso do low-code

Para começar, tudo que a área de recursos humanos ganha, é benéfico para a empresa toda, não é mesmo? Frente a isto, tenho alguns destaques a fazer:

  1. Autonomia para o desenvolvimento de soluções e aplicações de recursos humanos
  2. Autonomia para otimizar os processos de RH
  3. Eliminação do uso de papel
  4. Distribuição e coordenação automática entre as tarefas
  5. Organização das informações e registros
  6. Responsabilidades e prazos bem definidos
  7. Agilidade nos processos
  8. Aumento da retenção dos funcionários
  9. Centralização de solicitações
  10. Alçadas de aprovação centralizadas e automatizadas dentro do fluxo

Bom, esses são apenas 10 benefícios que o RH pode obter ao optar pela utilização de uma ferramenta low-code para construção de soluções.

Conheça exemplos práticos de sucesso

Vou compartilhar com você o case de sucesso do Instituto Batuíra. Este case mostra uma série de melhorias que a empresa realizou, mas, para você, destaco a redução do tempo de treinamento dos colaboradores, em 90%. Incrível não é mesmo?

Case de sucesso: Instituto Batuíra

Conheça o Zeev

Para finalizar, te convido a conhecer o Zeev. Os exemplos que te apresentei neste blogpost foram todos construídos com a nossa ferramenta low-code de criação de aplicativos. E, sigo afirmando o que já falei para você no começo, a tecnologia também é para o setor de recursos humanos. Qualquer um pode se beneficiar do uso da tecnologia quando ela é acessível para pessoas que não tem conhecimento técnico de TI, como as ferramentas low-code.

conheça a Zeev

Até o próximo conteúdo,

Artigos Similares

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A Zeev coleta, via cookies, dados essenciais para o funcionamento do site e métricas de acesso. Saiba Mais.